• Ingrid Decker

Pet Friendly – seus melhores amigos juntos o tempo todo

Que viajar é bom demais a gente já sabe. E é aquela coisa que quanto mais melhor, não é verdade? Mas quem tem pet em casa sabe que a hora de viajar requer muito planejamento. Às vezes é um parente ou amigo próximo que fica com a responsabilidade de cuidar, às vezes é um hotel exclusivo para esses hóspedes... mas a gente sempre fica com aquela preocupação: será que tá tudo bem?

O legal é que hoje em dia dá pra todo mundo curtir junto e a gente mesmo cuidar das nossas companhias tão amadas, seja cão, seja gato, seja furão... já ouviu falar em “pet friendly”? É uma expressão ainda recente, mas que já caiu no gosto de quem tem animaizinhos. Lugares que adotam o termo estão de portas abertas não só pra quem anda sobre duas pernas, mas quatro patas também.


O que são hotéis pet friendly?

São ambientes adaptados e com atenção especial para pets e com a equipe preparada para receber todos. Possuem bebedouros com água fresca em vários pontos, locais reservados para pets ficarem à vontade com seus tutores, saquinhos e lixeiras especiais para fezes e por aí vai... tudo pra garantir o conforto.

Aqui no Aquabarra a galera toda é bem-vinda! Inclusive no Café Paris, que fica aqui junto da nossa estrutura. Nele você pode fazer suas refeições ao lado de quem está sempre ao seu lado. E lembramos que por aqui conforto e segurança são aliados. Mesas com maior distanciamento, café da manhã a la carte, lotação reduzida, equipe orientada e todas as demais indicações feitas pelos órgãos de saúde para prevenir a Covid-19.


DICAS PARA UMA VIAGEM ANIMAL!

Assim como nós temos todo um preparo antes de viajar, para os animais não é diferente. E aqui a gente não só alerta como dá dicas. Segue aqui:

1 – A carteirinha de vacinação é basicamente a identidade do pet. Mantenha ela sempre atualizada e à mão. Também sempre consulte o veterinário para emissão da guia de trânsito.

2 – A alimentação é importantíssima! Não dê nada diferente ou novo daquilo que o pet está habituado a comer, principalmente nas horas que antecedem o início da viagem. Água uma hora antes para cães e duas horas para gatos.

3 – Não alimente durante o trajeto. Isso pode causar enjoo ou outro problema digestivo.

4 – Nunca deixe o animal solto no carro ou com a cabeça para fora da janela. Isso para qualquer tipo de pet ou raça. A menor distração pode causar um acidente.

5 – Dias antes da viagem leve o pet para alguns passeios curtos de carro. Vai ajudar ele a se acostumar com movimentos e barulhos.

6 – Se o seu animal é muito agitado e fica desconfortável em espaços pequenos, pode ser importante o uso de um calmante. Mas sempre com aval do veterinário.